23

julho

oxido-nitroso-02.07

SEDAÇÃO INALATÓRIA COM ÓXIDO NITROSO NA ODONTOLOGIA- PARTE 1

O QUE É SEDAÇÃO INALATÓRIA?

A sedação inalatória é uma técnica através do
qual o paciente respira uma mistura de gases (oxigênio e óxido nitroso) a fim de deixá-
lo relaxado, tranquilo e mais cooperativo para procedimentos odontológicos. Ele
permanece o tempo todo acordado conversando normalmente com o profissional.
Os gases são administrados por meio de uma máscara nasal (parecida com as
máscaras de inalação).

A SEDAÇÃO COM ÓXIDO NITROSO É UMA TÉCNICA NOVA?

Não. Descoberta por Horace Wells em 1844, essa técnica é utilizada em larga escala nos Estados Unidos desde 1930, e aprovada inclusive pela ADA (American Dental Association). Outros países seguiram esse exemplo e hoje essa é uma opção disseminada em vários países do Primeiro Mundo: Reino Unido, Japão, França, Suécia, Noruega, Austrália e Nova Zelândia.

A SEDAÇÃO INALATÓRIA PODE SER USADA EM QUALQUER IDADE?

Sim, pode ser usado para adultos e crianças, desde que o paciente aceite a técnica e tenha um mínimo de cooperação (o que em geral não ocorre para os menores de 4 anos).

QUAIS OS NÍVEIS DE SEDAÇÃO ALCANÇADOS?

Para fins odontológicos, a sedação com óxido nitroso pode ser leve ou moderada. Nesses níveis o paciente, apesar de extremamente relaxado, permanece consciente, respondendo normalmente
aos comandos verbais e suas funções cardiovascular e respiratória são mantidas intactas. O uso de anestésicos locais permanece necessário mesmo com a sedação. Em hospitais é também realizada a sedação profunda pelo médico anestesista.

ALÉM DO RELAXAMENTO DO PACIENTE, QUAIS OS OUTROS BENEFÍCIOS DA
SEDAÇÃO COM ÓXIDO NITROSO?

A sedação diminui a sensação dolorosa, o que possibilita, inclusive, o uso de menos anestésico. Também provoca leve alteração de memória e o paciente não se lembra claramente de sensações desagradáveis durante sua consulta e o tempo em que ficou na cadeira odontológica parece sempre menor
que o tempo real.

É UMA TÉCNICA SEGURA?

Sim. A sedação com óxido nitroso é tida como um dos métodos anestésicos mais seguros em utilização atualmente. É usada por quase todos os dentistas nos Estados Unidos desde a década de 1960. No Brasil, seu uso é regulamentado pelo Conselho Federal de Odontologia que exige um curso de capacitação para os profissionais que pretendam usar a técnica em seu consultório.

QUAIS OS ITENS DE SEGURANÇA?

O próprio aparelho que regula as proporções de gases oxigênio e nitroso inalados pelo paciente tem um dispositivo que obriga que um mínimo de 30% de oxigênio seja fornecido (o que representa 10% a mais de oxigênio do que o presente no ar ambiente). Além disso, os sinais vitais dos pacientes são
monitorados durante toda a sedação (frequência cardíaca, pressão arterial e saturação
de oxigênio) através de oxímetro de pulso.

-->