13

novembro

1

Crianças de aparelho?

Porque crianças usam aparelhos?

Para que a criança mastigue bem e tenha um bom desenvolvimento da face, os Maxilares (arcada superior e inferior) precisam estar em harmonia.

Quando os ossos que formam os Maxilares apresentam alterações, os dentinhos não se “encaixam” corretamente e a criança pode passar a mastigar com o “queixinho” mais pra frente, mais para trás, ou para o lado, comprometendo a mastigação, deglutição, fonação e respiração.

Problemas posturais, visuais e estético também podem estar presentes.

É comum relatos de dor de cabeça ou na região do ouvido, bruxismo (ranger de dentes), apnéia do sono, rinite, amigdalites de repetição, em crianças com alterações de posição, forma, e tamanho dos Maxilares.

Os desequilíbrios ósseos dos Maxilares não se autocorrigem, e quanto mais tempo se espera para tratá-los mais acentuado fica o problema, podendo ter indicação cirúrgica no futuro.

 

Os aparelhos

Os aparelhos para tratar problemas de crescimento e desenvolvimento dos ossos que formam os Maxilares são chamados de Ortopédicos Funcionais.

Eles atuam como “forminhas” dentro da boca reequilibrando a “mordida”, favorecendo a mastigação, as funções envolvidas e o bom desenvolvimento da face.

O tratamento é indolor, bem aceito pelas crianças, pode ser iniciado a partir dos 4 anos e é realizado por um dentista especialista em Ortopedia Funcional dos Maxilares.

 

Texto produzido por Dra. Nilza Helena Fávero  CRO-PR 4946

Especialista em Ortopedia Funcional dos Maxilares pelo CFO.

Membro da Academia Brasileira de Ortopedia Funcional dos Maxilares.

Membro da equipe Vitalità Odontologia

-->